14 de dezembro de 2011

“Quero ser feliz para Jesus ficar feliz através da minha vida”

Daniela Araújo mostrou que chegou mesmo para deixar sua marca no cenário gospel nacional e não pretende cair na zona de comodismo mesmo com o sucesso de seu primeiro álbum homônimo lançado pela Sony Music Gospel e que já figura como um dos melhores trabalhos da safra de 2011. Inspirada pelo lançamento do tão esperado clipe da canção Guia-me, dirigido pelo inseparável amigo Hugo Pessoa nas locações do Estúdio Mosh, Daniela já está preparando mais duas produções – Milímetro (que promete ser um projeto pioneiro no mercado evangélico) e Gratidão. Além de falar sobre esses projetos, a cantora conta detalhes do show de lançamento que acontece em São Paulo no dia 15 de dezembro (quinta-feira) e os planos para 2012 que incluem muitas viagens e muito trabalho.

1. Como tem sido repercussão de seu primeiro CD?
Olha... Melhor impossível! Eu só tenho que agradecer a Deus porque estou aqui na Sony onde estão me dando todo apoio. Eu não poderia estar num lugar melhor porque tenho pessoas acreditando no meu trabalho. O Mauricio (Soares, diretor executivo do selo gospel) me dá o maior apoio sempre lutando por mim e até agora só ouvi coisas muito abençoadoras sobre o meu disco e fico muito feliz porque quero ser bênção para as pessoas e elas estão me abençoando de volta.

2. Quais são os próximos passos para a divulgação do álbum?
Fotos: Rafael Paressa
Vai sair o play-back porque quero muito que os levitas cantem porque o play-back te leva a lugares onde você ainda não foi. Fora isso, teremos vários videoclipes além do Guia-me e tem mais dois vídeos e um já vou mostrar no lançamento no dia 15 que é o da música Milímetro que fiz em ‘reverse’. Gravei com um amigo meu Lucas Motta e a gente grava normal como qualquer vídeo, só que eu estou cantando tudo ao contrário. Por exemplo – ‘Tudo está a se repetir / Nada é novo para Ti’ virou ‘It arap ovon é adan / Riteper es a átse oudt’. É muito difícil, eu confesso.

3. Onde você buscou referência para esse clipe?
Ah! Peguei muitas referências como o Coldplay que já fez clipe em reverse e a banda Mutemath. Percebi que ninguém no Brasil tinha feito nada e o Lucas me explicou que era muito difícil, mas eu queria fazer. Escolhi Milímetro por falar do círculo vicioso do mundo em que tudo se repete e com o reverse ia ficar muito interessante porque a gente quer dizer que tudo passa, mas volta como é tudo no mundo. É uma música curta, mas mesmo assim a última estrofe eu tive que fazer lendo. Também já gravamos Gratidão, que era para ficar pronto no Natal, mas deixamos para depois do Carnaval e outra versão do Guia-me que fizemos em Londres aproveitando a viagem missionária. Quem é missionário aproveite as oportunidades e gravamos naquelas paisagens maravilhosas.

4. Logo se vê que você quer mesmo ser diferente e não seguir na mesma mesmice?
Eu me preocupo em fazer como o Leo (Leonardo Gonçalves, esposo) e outros cantores como o Paulo César Baruk, o Juliano Son e o André Valadão com uns vídeos super bem produzidos com uma mensagem evangelística ótima. A gente sempre faz com o objetivo de fazer o melhor pro Senhor, se é algo novo ou não depende da inspiração que Deus está dando no momento (risos). É só buscar a Deus para Ele dar algo genuíno para que as pessoas sejam alcançadas através disso.

5. Por falar no Leonardo Gonçalves, ele disse que você tem um processo solitário na hora de compor. Como isso funciona?
Isso eu percebi depois que me casei com ele que é uma pessoa muito mais racional para composição. Ele compõe uma melodia e depois pensa exatamente o que quer falar na música e escreve conscientemente. Já eu componho sofrendo e aí depois que eu começo a reescrever tudo aquilo que eu vou filtrando. Esse processo de sofrimento, de angústia, é solitário por si só. Fora que, na música que estou concebendo, é raro eu fazer alguma parceria musical. O que acontece muito é eu ter uma melodia e alguém chegar e pedir para completar. Quando estou num processo criativo eu não consigo ter um contato externo, é mais eu, Deus e a Bíblia, mas é sempre envolvendo algo que eu esteja vivendo e vou pegar um alento na Bíblia.

6. Mudando de assunto... Como será essa nova versão do Guia-me?
Ele foi gravado numa externa em Londres. A gente conseguiu uma produtora de lá e eu tenho sorte de ser rodeada de amigos com coração de artista e com muita disposição em fazer as coisas. O Hugo Pessoa trabalha no ramo há muito tempo e calhou da gente estar junto no mesmo país. Conseguimos uma produtora para fechar uma viela de Londres com figurantes e fiquei muito feliz. Acho que essa nossa geração de jovens cristãos está vindo com uma sede muito maior de material visual até pela época deles com o YouTube. A galera mais jovem não quer só ouvir música, ela quer ver clipe e os sentidos são muitos mais aguçados quando você está vendo e ouvindo. Então, acredito que os vídeos complementam muito o trabalho evangelístico porque a experiência é muito mais intensa.

7. E o que pode nos adiantar sobre o show de lançamento no dia 15 de dezembro?
A gente está fazendo tudo com muito carinho, estou ensaiando com minha banda toda semana pra oferecer não só qualidade, mas um momento de intimidade com toda a galera. O que eu espero é que o pessoal que está me apoiando saiba as letras para cantar junto comigo. Vou apresentar o vídeo reverse e o cenário vai ser todo de projeção e inclusive um dos videoclipes que vou lançar ano que vem nesse formato. O Gratidão foi gravado todo no escuro, com a orquestra na frente e o cenário todo cheio de projeções com imagens de luz e quero levar isso paras minhas apresentações. Fora isso, vai ter participação do Leo cantando três músicas e, como o tema do meu CD gira em torno do tempo, vamos fazer uma reflexão sobre o livro de Eclesiastes falando das angústias do ser humano sobre tudo que se repete, como é o ideal da nossa vida em que a gente deve aproveitar melhor o nosso tempo e, na verdade, a gente quer que o Senhor volte logo pra poder viver com Ele eternamente.


8. Sua proposta então é unir música e arte?
A gente que faz uma música que julgam não ser tão comercial acaba batendo nessa tecla porque, inconscientemente, a gente acaba abrindo mão de alguns ideais artísticos, mas tenho certeza que muitos ministérios que tenham reconhecimento no meio gospel também estão oferecendo novidade ao público com uma linguagem mais ‘igrejeira’. A arte dentro da igreja existe, a música pentecostal é arte e não tem em outro lugar. Pode soar de uma maneira esnobe, mas, se a gente quiser, vemos arte em todos os fragmentos da música gospel. No meu caso, eu quero passar para as pessoas a questão de concepção de arranjo em relação às letras porque as duas coisas caminham juntas. Não é simplesmente pegar um violão, tocar e já era. O arranjo define como a pessoa vai sentir aquela música, mas não é todo mundo que percebe isso. Minha proposta talvez é aguçar alguns sentidos de qualquer pessoa que estiver disposta a querer perceber algumas coisas

9. E os planos para 2012? São muitos?
Meus planos para 2012 é viajar muito, continuar ensaiando com a minha banda, continuar compondo, continuar estudando porque estou no segundo ano do terceiro semestre de música (inclusive orem por mim porque música é muito difícil e aconselho todo músico a se profissionalizar). Quero conseguir levar minha banda em todas as minhas apresentações. Viajar, viajar, viajar, terminar minha faculdade, continuar ajudando o Leo no que ele precisa e servir a Deus, ser feliz para Jesus ficar feliz através da minha vida.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, amei a entrevista coma a Dani, e a parte da entrevista que mas gostei foi quando ela fala que " nossa geração de jovens cristãos está vindo com uma sede muito maior de material visual até pela época deles com o YouTube." Está super-certa que foi através do YouTube que à conheci, vi o clipe guia-me e quando escutei a 1ª notinha me apaixonei, foi coisa de louco hehe. No outro dia ja estava com cd dela em mãos, a partir daí nunca mas parei de ouvi-la. Agora to esperando ela vim lançar seu cd aqui No Rio e espero conhece-la pessoalmente!

    ResponderExcluir
  3. Mulher abençoada e inteligente. Parabéns! Deus abençoe. Beeijos

    ResponderExcluir

Comente, critique, elogie!
Sua opinião é importante para nós
Shalom Adonai



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...