9 de maio de 2011

Vigário Geral marcado pela glória


A cenografia da MK Music surpreendeu com a estrutura do palco
Há exatos dois anos, no dia 07 de maio de 2009, Fernanda Brum subia ao palco da Igreja Batista Central da Barra para gravar o DVD Cura-me que marcava a entrada da MK Music nas produções em High Definition. Agora, no dia 07 de maio de 2001, o cenário mudou. Do bairro nobre da Zona Oeste do Rio, a cantora e pastora partiu para a comunidade de Vigário Geral, a mesma comunidade que chorou a perda de seus moradores na terrível chacina de 1993 agora servia de palco para um marco na história da cidade do Rio de Janeiro: um dia que em que a chamada Cidade Maravilhosa seria envolvida pela glória. Sete de maio foi dia de Glória in Rio.
Johayne Hildefonso e Feijão dão as boas-vindas ao público (Rafael Paressa)
Uma multidão se reuniu na Praça do Tropicalismo, que tem o apoio da Globo Rio e do projeto Petrobrás Arte na Praça, em frente ao Centro Cultural Waly Salomão do AfroReggae para a gravação do novo DVD de Fernanda Brum com estrutura organizada pela MK Music. Quem não conseguiu se aproximar do palco, pôde conferir tudo das lajes das casas próximas com visão privilegiada de cada detalhe ou acompanhar pelo telão colocado na quadra de futebol próximo à passarela de acesso à comunidade. A cenografia montou uma pequena comunidade com casinhas coloridas no palco cujas janelas tinham televisores de onde os melhores ângulos eram transmitidos. Após a recepção de Johayne Hildefonso e Feijão e um breve cumprimento por parte do deputado Arolde de Oliveira, o Pastor Emerson Pinheiro fez uma breve oração pedindo a Deus que rasgasse os céus e derramasse Seu poder e Sua glória naquele ambiente. O público ansioso pelo começo da gravação foi brindado com a exibição exclusiva do clipe Pavão-Pavãozinho que, além da comunidade que dá nome à música, teve takes na Central do Brasil, Vigário Geral, Complexo do Alemão e Avenida Presidente Vargas e foi aprovado com louvor pelos presentes. Fernanda Brum anda até de trem na filmagem.

Máscaras foi a primeira canção do show (Rafael Paressa)
Às 20h10 (com 40 minutos de atraso) a cantora subiu ao palco ao som de Máscaras. As guitarras alucinaram a multidão que durante o show mostrou ter todas as canções do CD Glória na ponta da língua. Foi uma disputa entre câmeras, celulares e smartphones para conseguir o melhor ângulo da cantora que deu sequência com Eu quero ir além que projetou imagens extras do clipe no telão principal.

Foi hora de chamar o primeiro convidado da noite e Jairo Bonfim subiu ao palco para juntos cantarem A glória do Pai que ainda teve a participação do Coral RenovaSoul. Entretanto, a cantora estava meio mecânica, parecia estar com pressa devido ao atraso e ainda não tínhamos visto a Fernanda Brum das grandes ministrações como nos DVD anteriores. A quarta canção marcou o momento das músicas lentas com Canta minh’alma que tem um dos mais belos arranjos do álbum e ficou ainda mais bela ao vivo com Duda Andrade dando um verdadeiro show na guitarra.
Jairo Bonfim foi o primeiro convidado da noite e cantou A glória do Pai (Rafael Paressa)
Emerson trouxe sua bossa com Rio de Janeiro (Rafael Paressa)
“Eu quero viver momentos de libertação. Momentos em que Jesus chega e ninguém impede”, declarou Fernanda convidando a banda para puxar o banquinho e fazerem um momento violão e percussão em Serpentes no deserto com bela atuação de Jairo, Joelma e Josy Bonfim e Adiel Ferr que foram colocados no meio da multidão. Algo tão inusitado quanto os puffs da gravação do DVD Cura-me. Enquanto fez uma pausa para a primeira troca de roupa, o palco ficou sob a responsabilidade de Emerson que embalou a todos com a já conhecida bossa Rio de Janeiro. “A solução do Rio está no joelho de uma igreja que se une para orar”.

Todo mundo sabe que Fernanda sempre grava uma canção fora de seu repertório como foi Poderoso Deus (DVD Apenas um toque – 2005), Oceano do Espírito (DVD Profetizando às Nações – 2007) e Alta madrugada (DVD Cura-me – 2009). Desta vez a escolhida foi Palácios “Não se acende a luz do Sol / Nos 220 voltz dos palácios de Brasília / Não se acende a luz do Sol / Com as chaves de um carro conversível do ano / Não se acende a luz do Sol / Com a ponta de um cigarro, um baseado, coisa assim” – sucesso na voz dos paulistas do Rebanhão, um dos precursores da revolução do gospel nacional que fez parte do disco Princípio de 1989. Para os saudosistas, esse foi um momento de pura nostalgia que aí assim começamos a ver a Fernanda Brum famosa por suas pregações.
Uma grande surpresa: a regravação de Palácios do Rebenhão (Rafael Paressa)
“Liberdade é conhecer a Palavra de Deus. Eu tive uma experiência sobrenatural durante a gravidez da Laura e, se eu te ensinar a orar a Palavra, você vai vencer”. Deixa para Vem sobre mim cujo refrão foi cantado a plenos pulmões com os punhos erguidos. Fernanda parecia estar entre amigos e bastante à vontade conversou e chegou a brincar com o público e convidou Kleber Lucas para relembrar Tempo de crescer, composição de Kleber que fez parte do CD Quebrantado coração (2003) e foi regravada pelo pastor no DVD Comunhão – para aqueles que te amam (2009). Vale ressaltar que Fernanda convidou grandes representantes negros da nossa música e o mais esperado de todos estava por vir.

Fim do mistério: Kleber Lucas fez dueto em Tempo de crescer, autoria do próprio (Rafael Paressa)
Enquanto eu chorava foi mais uma das lentinhas e foi mais um momento “puxa o banquinho e canta”, mas logo depois veio uma das canções mais esperadas: A Tua glória faz, a primeira faixa de trabalho do CD Glória que transportou a mesma atmosfera vista no clipe. “O selo do poder de Deus é para todos nós. O amor de Deus nos constrange e Jesus nos ama desesperadamente”. Envolta ainda pela glória, Fernanda interpretou outra canção muito bem arranjada: No sangue e no fogo.

Homenagens por parte da MK Music (Elnet)
A visão da glória também foi outra canção muito esperada. Quem esteve no Louvorzão 93 viu como a intérprete se emocionou com a composição de Alda Célia. A produção caprichou nos efeitos do palco e essa tem tudo para ser a melhor do DVD. Nesse momento, Fernanda Brum mostrou todo seu talento e foi a hora do apelo. Ela sabe como transmitir a mensagem de salvação às pessoas sem ser piegas demais. Pausa para homenagens por parte de Yvelise de Oliveira que entregou um belo buquê à cantora. “Depois do Glória in Rio, nunca mais vamos ser os mesmos”, declarou a presidente do Grupo MK.

Afro Lata sacudiu a Praça do Tropicalismo (Elnet)
Pausa para a última troca de roupa e o público gritou pela canção Mergulhei do CD Adorarei de Emerson Pinheiro que prontamente atendeu ao clamor da multidão. Todos esperam que essa faixa entre nem que seja nos Extras do DVD. Fernanda voltou com um dos figurinos do clipe e abriu a última parte da filmagem com a swingada Ninguém vai me segurar. Chegou o momento que TODOS esperavam: Afro Lata e Pregador Luo (que veio diretamente de Belo Horizonte) foram os pontos altos de Pavão-Pavãozinho. Foi o auge do vídeo e o público vibrou quando o rapper pisou no palco. Como ele mesmo disse: foi fenomenal.

Nem precisa falar que Pregador Luo simplesmente arrasou no dueto em Pavão-Pavãozinho (Elnet)
A eterna amiga Eyshila não podia faltar (Elnet)
Depois desse momento de puro êxtase, Vigário Geral ainda teve disposição para Videira, sucesso principalmente entre a juventude do repertório do Ministério Tabernáculo de Davi. “Vamos relembrar mais uma e ensinar para a nova geração”. A cantora se despediu do público e já estava até dando entrevista ao Conexão Gospel quando não resistiu o apelo da multidão e retornou ao palco e, para surpresa de todos, convidou Eyshila para juntas fecharem o DVD com Espírito Santo (essa então é praticamente obrigada a entrar no registro final). O show encerrou pouco depois das dez da noite com público e equipe totalmente satisfeitos e voltando para a casa com a lembrança de momentos que jamais serão esquecidos, momentos em que Deus marcou a todos com glória... Glória in Rio... Glória in Brasil... Glória para as nações.

3 comentários:

  1. Só de ler essa matéria deu pra ver que esse DVD vai ser tremendo nas vidas de muitas pessoas mais lá pra frente. Minhas canções preferidas do DVD: A visão da glória, Nosangue e no fogo,Canta minh'alma,P. Pavãozinho e Videira(grata surpresa).
    já tenho o CD e estou á espera desse fabuloso DVD.

    ResponderExcluir
  2. Não posso deixar de presentear minha noiva com este DVD....

    Quando vão lançar para nós???????

    ResponderExcluir
  3. A pastora Fernanda Brum é uma mulher de Deus que tem abençoado a Nação e trabalhando em prol do Reino de Deus, conheça a sua biografia nesse post:

    http://indicagospel.blogspot.com/2011/02/fernanda-brum-bio.html

    Vale a pena conferir nesse post a sua história...ela é uma mulher de Deus...

    abraço

    ResponderExcluir

Comente, critique, elogie!
Sua opinião é importante para nós
Shalom Adonai



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...