31 de janeiro de 2011

Realmente extraordinário

Um CD que consegue vender 50 mil cópias em apenas um dia é realmente um feito extraordinário e Aline Barros soube escolher muito bem o nome de seu terceiro álbum ao vivo pela MK Music – Extraordinário amor de Deus. Apesar do encarte não trazer as palavras AO VIVO, o novo trabalho da cantora e pastora foi gravado na Comunidade Internacional da Zona Sul no dia 17 de dezembro de 2010 com produção de Ricardo Feghali e Cleberson Horsth, músicos da renomada banda Roupa Nova. Apesar das polêmicas por optar pelos integrantes da banda depois de vários quatro trabalhos com Rogério Vieira que lhe renderam dois Grammys Latino Aline Barros & Cia (2006) e Caminho de milagres (2007) – e pela capa bastante diferente das que a cantora já tinha feita, não dá para negar que o CD já era um sucesso antes mesmo de chegar às lojas. Não é à toa que ele ganhou destaque na coluna Estúdio do jornalista Mauro Ferreira no Jornal O Dia desta segunda-feira (31).


Aline começou a gravação aos brados de Geração bem aventurada, escrita pela própria em parceria com o esposo Gilmar Santos e dos amigos Anderson Freire e Aretusa. A canção, baseada nas bem-aventuranças descritas em Mateus 5, tem uma pegada meio roqueira que dá aquele UP no repertório com as guitarras de Clóvis Lardo. Um detalhe da produção é que não há pausas na mudança de uma faixa para outra e assim há uma continuidade entre as músicas.

Ressuscita-me (Anderson Freire) foi a primeira canção escolhida para trabalhar o novo projeto e versa sobre a ressurreição de Lázaro e abre com os teclados de Feghali e Horsth. É uma das mais belas e Aline fez como na canção Manancial do CD Caminho de milagres em que se ouve somente a voz do público após uma pequena pausa dos instrumentos. Escrita por Luciano Lima, Vitória no deserto é uma regravação do Ministério Hebrom que também foi gravada pelo Ministério Unção Ágape. Uma surpresa é a participação de quase todos os músicos do Roupa Nova – Ricardo e Feghali (teclados), Serginho Herval (bateria), Nando (baixo) e Kiko (guitarra e violão). Só faltou o Paulinho na percussão dessa que promete repetir o mesmo sucesso de Apaixonado e Tudo é teu. A foto central do encarte feita por Ronaldo Rufino faz referência ao trecho que diz – “Então eu direi / Abra-se o mar e eu passarei / Pulando e dançando em Sua presença”.


Anderson Freire também assina Carpinteiro que fala sobre o sacrifício de Cristo, tema muito recorrente nas produções de Aline Barros. O talento do back é algo que realmente merece destaque – Marcio Horsth, Carol Feghali, Rafael Magalhães, Jane Magalhães e Dennis Goursand. Davi Fernandes e Jamba assinam Não me calarei que tem um molejo muito diferente das canções que a cantora geralmente grava e tem bem o estilo de Jamba que produziu o álbum de samba de Luiz Arcanjo. Falar que os arranjos ficaram muito bem produzidos chega a ser cair em lugar comum quando se trata de Roupa Nova.

Anderson também compôs Primeira essência que expressa o desejo de não perder o primeiro amor e cita um trecho de II Coríntios 2.14 ao dizer que somos o bom perfume de Cristo. Sem dúvida, a letra promete emocionar nos momentos de adoração das igrejas – “Eu estou no meu jardim / Tranquei a porta e abri meu coração / Reguei minhas raízes com minhas lágrimas / Gotas de adoração”. Somos livres (Aline Barros e Anderson Freire) é a primeira a citar a palavra extraordinário e não tem participação do back-vocal. Clóvis Lardo, que atua na co-produção da faixa, arrebenta na guitarra.

Como é de costume, Aline gravou a versão de Arms open wide, gravada pelo Hillsong United no CD Across the Earth: Tear Down The Walls (2009). A música que foi batizada de Rendido estou conta com a participação de Fernandinho de quem a intérprete gravou Derrama em um medley do DVD Som de adoradores (2005). O dueto é um encontro marcante entre dois grandes representantes do segmento louvor e adoração e vale a pena conferir.


Atitude é mais uma de Anderson Freire e é uma oração para que Deus seja o centro do nosso viver e que tenhamos uma vida sem tropeços. Anderson e Aline assinam Adoração sem limites com base em um trecho do Salmo 116 com arranjos de Rodrigo Tavares.

O fazer missões também é outro tema muito tocado pela pastora Aline Barros e isso é tratado em Sonho de Cristo que convoca nossa juventude a despertar nesses últimos dias para fazer a diferença. O povo se empolga com a versão rapper da cantora e grita a plenos pulmões “Yeah! Yeah! I love my Jesus!”. O violão de Marcelo Horsth pontua Rei da glória, versão de King of glory baseada no Salmo 24. A canção foi gravada nos álbuns Offerings a Worship (2000) e Chronology Vol.1 (2007) do Third Day. É a primeira vez que Aline grava uma canção da banda e essa em especial se encaixou perfeitamente com a musicalidade da produção.

Rodrigo Tavares assina os arranjos de Deus extraordinário (Aline Barros e Clóvis Lardo), apontada inicialmente como possível nome do CD e chegou a ser divulgada em um show em Volta Redonda no ano passado. Uma canção de gratidão e exaltação a Deus pelos Seus feitos ao longo da história humana. O coro é fácil e dá vontade de repetir várias vezes – “Te amo, Deus / Te honrarei / Hosana nas alturas / Teu nome é poder pra sempre”.


Fechando o CD, Teus pra sempre é versão de Yours forever gravado no CD Hillsong Kiev Ukraine Undivided (2010). A faixa é bem carregada nas guitarras e podemos ver bem o talento dos filhos dos produtores – Marcelo Horsth (guitarra) e Thiago Feghali (bateria). O público encerra a canção à capela e com muitas palmas declarando que “Somos Teus pra sempre / Não somos mais iguais / Teus pra sempre / Nosso alvo em Ti está / Teus pra sempre”. Que você possa ser inundado pelo extraordinário amor de Deus capaz de fazer o mais vil pecador ser mais alvo do que a neve.

15 comentários:

  1. É mais um clássico da musica gospel.
    www.vivendoteologia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. é verdade que ela pode ser proseçada por gravar a musica do Hillsong ?

    ResponderExcluir
  3. Acho que não, ela deve ter comprado os direits autorais, a Mk não iria dar um mole desse!!

    ResponderExcluir
  4. bem ela ja gravou varias versoes do hillsong,por ue iria ser processada agora.

    ResponderExcluir
  5. MAIS UM GRANDE SUSCESSO DA ALINE QUE É COM CERTEZA A MAIS BELA VOZ DO CENÁRIO MUSICAL GOSPEL NO BRASIL E UMA DAS MAIS BELAS DO MUNDO...
    ADMIRO MUITO SEU TRABALHO...
    ESPERO VÊ-LA EM BREVE GRAVANDOALGUMAS MUSICAS COM A FERNANDA QUE É TAMBÉM UMA GRANDE CANTORA ALÉM DE SER LINDA...
    AMO AS DUAS...
    UM BEIJÃO ALINE, SOU UM GRANDE FÃ SEU...QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO...TE AMO♥

    ResponderExcluir
  6. Acho que esse cd promete,e vai trazer um renovo para nossas vidas. parabéns Aline e toda equipe.

    ResponderExcluir
  7. A Aline barros é a representante oficial do Hillsong no Brasil!

    ResponderExcluir
  8. eu aindsa nao tenhjo o cd

    ResponderExcluir
  9. esse CD realmente e extraórdinario todo o repertorio foi planejado compre vc ñ vai se arrepende já gantir o meu EXTRAÓRDINARIO CD.....

    ResponderExcluir
  10. ALINE BARROS SEMPRE PAGA OS DIREITOS AUTORAIS DAS REGRAVAÇÕES, ALEM DISSO É POLITICA DA MK MUSIC!

    ResponderExcluir
  11. O melhor CD de toda a carreira da Aline!

    E sobre a polêmica dos direitos autorais - Isso é só boato, a MK já se pronunciou e disse que pagou pelas versões, e caro. Não tem nada fora das leis, afinal a Aline já é acostumada em versões e não seria burra ao fazer isso!

    CD REALMENTE EXTRAORDINÁRIO! Vai vender igual água no deserto, mas não por ser da ALINE BARROS sendo a cantora Gospel mais popular no Brasil, mas pela qualidade do CD.

    ResponderExcluir
  12. Lembrando que o Cd Fruto de Amor foi o primeiro cd da Aline que ganhou um Grammy e como banda tínhamos também os garotos do Roupa Nova...Justamente este cd a consagrou na música latina. Tive a impressão do retorno da Aline antiga com voz mais aguda, e músicas menos densas, pesadas, em nehum outro cd ela interpretou tão bem as canções, alegre, limpo, vivo e divertido. Muito lindo este albúm, não é a toa que vendeu 50 mil cópia em um único dia.

    ResponderExcluir
  13. O Cd não é todo ao vivo, a voz dela foi gravada em estúdio, e o som da igreja foi gravado na Comunidade da Zona Sul, tem um vídeo no you tube em que ela explica isso!!

    ResponderExcluir
  14. Muito bonito!!!! os hinos são bem contagiantes, amei!

    ResponderExcluir

Comente, critique, elogie!
Sua opinião é importante para nós
Shalom Adonai



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...